Loading
0800-283-8502

Nossos Destinos

Encontre agora sua passsagem para este destino!

Guanhães


Guanhães é um município brasileiro no interior do estado de Minas Gerais, Região Sudeste do país. Pertence à Mesorregião do Vale do Rio Doce e à Microrregião de Guanhães e sua população estimada em 2016 era de 33 815 mil habitantes.

O primeiro agrupamento humano a ocupar a área onde hoje está o município de Guanhães foi o dos índios Guanaãns, de origem tapuia, que, por viver principalmente às margens de um rio caudaloso, foi a origem da nomeação desse curso d’água com o nome de Rio Guanhães.

Em 1752, João de Azevedo Leme, partindo da Vila do Príncipe, (hoje cidade do Serro), encontra ouro nos “Descobertos do Graypú”, nas imediações da atual cidade de Guanhães. Em 1810, a atual cidade de Guanhães era conhecida como “São Miguel e Almas do Aricanga”. Aricanga é uma espécie de palmeira nativa da região, muito usada pelos índios para a fabricação de arcos, bodoques e aros de peneiras. Um dos primeiros povoados construídos na região foi o de São Miguel e Almas de Guanhães, estabelecido em torno de uma capela erguida em 1811 nos terrenos de Faustino Xavier Caldeira, José Coelho da Rocha, Francisco de Souza Ferreira, Antônio de Oliveira Rosa e José de Oliveira Rosa. Posteriormente, foram aos poucos sendo criados e emancipados os povoados que se tornaram as cidades de Ferros, Conceição do Mato Dentro, Paulistas e Peçanha, estando Figueira (atual Governador Valadares) subordinada a este último (atualmente ambos são municípios).

Em 1821, foi criada a primeira capela, instituída canonicamente apenas em 1828. Em 14 de julho de 1832, por meio de Decreto Real, tornou-se paróquia de São Miguel dos Correntes (depois São Miguel e Almas dos Correntes), ligada à Vila do Príncipe, tendo seu primeiro padre sido empossado em 1834. A riqueza atraiu muita gente das redondezas e de longe, como os ingleses, que exploraram uma mina na ‘Fazenda do Candonga’ por meio da companhia “The Candonga Gold Mining Limited”. Candonga é um termo africano, e surgiu logo depois da construção de um prostíbulo nas imediações da mineração. Seu significado é “intriga com carinhos fingidos”.

Em 23 de março de 1840, passa a pertencer à recém criada Vila de Conceição, voltando ao município de Conceição em 1859, através da Lei 1.031. Em 25 de outubro de 1875 é finalmente desmembrada e elevada à categoria de Vila pela Lei n° 21.132, tornando-se sede do novo município, (emancipando-se em 9 de dezembro de 1879). Por fim, pela Lei Provincial nº 2766, de 13 de setembro de 1881, recebeu o nome atual e foi elevada a cidade.

Contava então com os distritos de Divino(atual Divinolândia de Minas), Gonzaga, Nossa Senhora do Patrocínio(hoje Virginópolis), Braúnas, Travessão (atual Açucena), Jequitibá, Sapucaia, Farias e Correntinho(antigo Santo Antônio). Hoje, pertencem ao município de Guanhães os distritos de Correntinho, Farias, Sapucaia de Guanhães e Taquaral.

<< Voltar

Para Fretamentos ligue:

(031) 3422-6690

Para Encomendas ligue:

(031) 2522–9070

WhatsApp:

(031) 97136-3710